15/03/2019
Edificando Minha Fé

Décadas de sofrimento por causa de dor nas costas chega ao fim rapidamente. O que aconteceu? O que isto causou na vida espiritual dela? Eis o testemunho.

Tive problema nas costas desde os 14 anos. Durante 50 anos minhas costas foram piorando cada vez mais.

Há duas semanas, tive dores fortíssimas nas costas a ponto de não conseguir andar, sentar ou ficar de pé. Fui de ambulância para o hospital. Mais ou menos duas semanas depois, comecei a sentir dor no ombro e no pescoço. No domingo, dia 3 de fevereiro, essas dores começaram a piorar. Senti que o corpo todo estava mal. O diabo estava tentando me convencer a ficar em casa em vez de ir à igreja, mas eu estava determinada a ir de qualquer maneira.

Durante os cânticos do culto da manhã, antes de ouvirmos “A Era da Igreja de Pérgamo”, estávamos cantando o hino “Que Nome Formoso”. Trocamos a palavra “formoso” por “curador”. Enquanto cantávamos, fiquei de pé com os olhos fechados e a mão direita levantada. Não conseguia levantar a mão esquerda porque meu ombro doía muito.

De repente, senti um formigamento (como eletricidade) descendo para minhas pernas simultâneamente, do meio da panturillha até os tornozelos. Ainda com os olhos fechados, pensei: “Nunca senti isso antes!”

Então, movimentei o ombro esquerdo, não estava mais sentindo dor alguma. Também não estava mais sentindo dor no pescoço. Eu sabia, em meu coração, que aquele formigamento era o Espírito Santo me curando. Na verdade, meu corpo inteiro foi revigorado.

Quando o hino terminou, eu quis dar glória a Deus por me curar, então levantei a mão para contar aos meus irmãos o que havia acabado de acontecer.

Em todos esses 23 anos crendo nesta Mensagem, nunca passei por uma experiência como esta. Isso aumentou a minha fé. Mudou totalmente minha vida espiritual. Sempre cri que o poder de cura de Deus era real, mas aquela manhã isso se tornou “real” para mim.

Verdadeiramente, Deus é o Poderoso Curador. Cada um de nós precisa ter fé o suficiente para crer.

Louvado seja o Senhor por minha cura!

Irmã Cynthia

Se você é um crente genuíno, e crê que está na Presença de Cristo, e quer aceitar a sua cura, não me importa a sua condição, o quão aleijado esteja, fique de pé com fé, crendo, e Jesus Cristo o curará. Fique de pé. Não importa o que seja, fique de pé mesmo assim, se você crê. Amém. Todos na audiência estão de pé. Ele está aqui, o grande Espírito Santo se movendo no meio de vocês. Eu O amo, eu O amo, porque Ele primeiro me amou. Levantemos as mãos, deem glória a Ele agora.

Eu O amo, eu O amo

Porque Ele primeiro me amou...

Vocês O amam? Levantem as mãos e O adorem, e digam a Ele que vocês O amam.

62-0727 Queríamos Ver Jesus

Envie para um Amigo

Enviar